• Marcelly Chrisostimo

Fornecedores para a Biblioteca Escolar: uma relação importante



Quando paro para pensar na minha disciplina preferida da época da faculdade, eu arriscaria dizer que foi Organização e Administração de Bibliotecas I e II. Em meio a tantas disciplinas de Representação Descritiva, Indexação, Vocabulário Controlado, Tesauros... todas tão técnicas e por vezes, até repetitivas, eu me encontrei ao ouvir a querida Professora Suzette Moeda desafiando minha turma a criar um projeto de biblioteca do zero.


Após receber os principais conceitos de administração, precisamos listar absolutamente TUDO que precisaríamos para pôr uma biblioteca para funcionar. Da resma de papel até as estantes! Ah, se ela soubesse como essas disciplinas me ajudaram quando precisei fazer isso de verdade! Gostaria de poder dizer isso a ela, mas perdi o contato... Hoje, quero compartilhar com vocês algumas das categorias de fornecedores para Bibliotecas Escolares. Vamos lá?


Livrarias!


Ahhh, as livrarias! Eu não amo só comprar títulos para o trabalho com elas, como também visitar pessoalmente! 


Existem muitas livrarias grandes e famosas, mas a beleza de estabelecer uma parceria com uma livraria pequena é conhecer de perto os fornecedores, ter uma assistência mais rápida, estreitar os laços e saber que está contribuindo para um negócio local!


Editoras e editores:


A Editora é aquela instituição responsável por publicar o material. Geralmente, também arca com o custo de produção, distribuição e divulgação dos títulos pelas livrarias do país.


Aqui no Brasil, temos algumas gigantes, sendo o nicho de livros didáticos um dos mais rentáveis. (Alô lista de livros escolar).


Para mim, é uma das relações com parceiros mais difícil, mas, necessária.


Distribuidoras


Às vezes, as distribuidoras também possuem livrarias, mas, no geral, com distribuidoras é possível conseguir descontos melhores do que nas livrarias já que eles são os fornecedores das próprias livrarias. Vou direto na fonte!


Agregadoras de conteúdo


As Agregadoras de Conteúdo se fazem mais presente no mercado de fontes digitais de informação. Elas representam um título específico das editoras e costumam apresentar plataforma própria para acesso como a OverDrive, Titlewave da Follett... 


Softwares para bibliotecas


Se verba for um problema, há as opções gratuitas como BibLivre, OpenBiblio, PHL...


Esse é um investimento alto, mas que retorna de inúmeras formas na qualidade do serviço, economia de tempo da equipe, otimização das buscas e recursos e tudo o mais.


Vocês sempre perguntam que sistema eu uso. E uso o Destiny da Follett (software americano).


Mobiliário


Olha, um bom projeto de mobiliário e decoração faz TODA a diferença!

Ainda não chegamos ao patamar de termos inúmeras opções como os Estados Unidos, mas, há algumas boas opções aqui.


Metalpox Biccateca

Securit Metadil


Se você conhecer alguma outra, deixa nos comentários, ok?


Prestadores de serviço


Uma vez que a biblioteca escolar é lugar de movimento e interação, muitas vezes, prestadores de serviço podem ser convidados para incrementar os projetos e atividades dessa escola.


Um bom exemplo disso são os contadores de histórias! Nem todo bibliotecário é um contador e essa é uma profissão riquíssima e que demanda estudo e técnica. Algumas escolas contratam esses profissionais para ações pontuais.

Vocês já ouviram falar nos Tapetes Contadores de Histórias?


Lembrou de algum fornecedor que não está nessa lista?


Compartilha comigo nos comentários?

12 visualizações

©2020 por Mocinha da Biblio. Orgulhosamente criado com Wix.com