• Marcelly Chrisostimo

Tem vaga? 5 dicas para pesquisar oportunidades em Biblioteconomia

Não tá fácil para ninguém, não é?



A crise está aí para todos, mas, sabemos que em meio a momentos de crise, a cultura e a educação, por falta de consciência da gestão, costumam ser as primeiras áreas a sentir o impacto e os cortes.


Se tem uma coisa que me entristece é ver quantos colegas de profissão ainda não conseguiram uma colocação no mercado de trabalho. Vocês podem achar que sou otimista demais ou coisa do tipo, mas, eu realmente acredito que há esperança no futuro. Eu realmente acredito (e vejo) novas vagas sendo anunciadas, surgindo e etc. E mais do que isso, acredito que nós podemos encontrar meios de conseguir nosso sonhado carimbo na carteira de trabalho.


Então, pensando nesse cenário, resolvi compartilhar como eu mesma buscaria uma vaga caso estivesse precisando. Na verdade, mesmo estando no mercado, sempre acompanho esses sites para saber o que tá rolando na área e também porque nunca sabemos o dia de amanhã, não é? 1) Escolha em que nicho você quer trabalhar.


"Mas, Marcelly, estou desempregada. Qualquer vaga é vaga." Eu entendo, mas honestamente, se você tem zero aptidão para a Biblioteca Escolar, por exemplo, quais são as chances de você ir bem na entrevista e realmente ficar nessa vaga?

Passar por diversos processos seletivos que você não tenha o perfil da vaga pode ser desanimador e desgastante. Tente focar! Foque, estude e confie nos seus instintos.


2) PESQUISE! Use a DSI a seu favor!


Pesquise em sites de vagas, mas não só isso. Cadastre os termos Bibliotecário, Vaga de Biblioteconomia e afins no Google Alertas. Use todas as técnicas de pesquisa que aprendeu a seu favor, mon amour.


3) Mapeie as instituições relacionadas ao nicho que você quer.


Eu amo biblioteca escolar. Se você me perguntar quem contrata relacionada e Gestão Eletrônica de Documentos, eu vou sorrir e recomendar que você procure a Maralyza do @mpged. Como bibliotecária escolar, eu acompanho todas as escolas no perfil da escola que eu atuo. Eu as sigo no Instagram, visito o site, estou sempre de olho. Até para entender sobre o processo seletivo dessas instituições. Se eu desejo seguir carreira em biblioteca escolar, preciso entender quais são as minhas opções nesse nicho.


Você quer ser bibliotecário escolar? Qual sua meta? Qual a empresa dos seus sonhos?


4) Se apresente.


Você não precisa necessariamente esperar a instituição anunciar uma vaga. Já pensou em se apresentar e oferecer? Um currículo sucinto, objetivo, direto, acompanhado de um email ou carta de apresentação onde você diga quem você é e que está buscando uma oportunidade pode chamar a atenção de um recrutador quando um processo seletivo se iniciar. Eu mesma consegui minha primeira vaga de estágio em uma escola internacional assim. Pela insistência e cara de pau, rs.

5) Tenha um perfil no Linkedin


Gente, se você está buscando emprego e ainda não está Linkedin, eu não sei o que você está fazendo da vida. E eu não tô falando de fazer um perfil, copiar e colar seu lattes e postar: procuro emprego.

Eu tenho um perfil lá e entro semanalmente para checar as mensagens. Busque fazer conexões com colegas da área que estejam atuando no nicho que busca. Sabe aquelas instituições que você mapeou? Siga todas! Eu sou cara de pau e ainda adiciono todos os diretores e bibliotecários que atuam nessas instituições.

Eu já recebi algumas propostas de emprego por lá, inclusive para uma escola internacional na ÍNDIA sem nem ter me candidatado.


Quem não é visto, não é lembrado!




41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
Não quer perder nenhum conteúdo?
Deixe seu email e você será notificado sempre que sair post novo!​​

©2021 por Mocinha da Biblio. Criado com Wix.com. Todos os direitos reservados.