• Marcelly Chrisostimo

Webinar Planejando a retomada: estratégias e medidas de preparação de bibliotecas pós-pandemia

Se há um ano atrás, eu te dissesse que o mundo iria parar, você acreditaria?


Honestamente, eu iria rir. A gente se envolve tanto nas nossas atividades diárias e em uma correria absurda que fica difícil imaginar um cenário diferente do que estamos vivendo. Como eu já falei aqui, o mundo mudou. O novo normal está aí e não há o que possamos fazer para impedir isso.


Precisamos falar sobre as perspectivas para quando for chegada a hora de reabrir nossas bibliotecas.


Não seremos somente nós, bibliotecários, que precisaremos ressignificar nossa profissão, ambientes de trabalho, atividades, mas o mundo inteiro.


Pensando nisso, semana passada, no dia 15 de maio, foi realizado um Webinar sobre a preparação de bibliotecas para a reabertura das bibliotecas. O Webinar foi promovido pelo Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa com apoio da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas de Informação e Instituições (FEBAB), Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), a SP Leituras com Adriana Ferrari, Sueli Motta e Valéria Valls mediadas por Pierre Ruprecht.


Imagem via FEBAB.




Gostaria de destacar algumas observações que fiz:


  • Resgate da missão da biblioteca e instituição em que a mesma está inserida;

  • Missão do Bibliotecário segundo juramento de Biblioteconomia;

  • Consulta a referências internacionais como IFLA;

  • A biblioteca como agente de transformação social impactando nas comunidades e regiões em que estão inseridas de acordo com a demanda necessária, em alguns casos, captação de doações, voluntariado e etc.;

  • A biblioteca para além do currículo (em caso de biblio escolares e universitárias);

  • Equipamentos de Proteção Individual (para funcionários e visitantes);

  • Repensar quais serviços e público serão oferecidos no momento da reabertura. Possível redução da oferta anterior para oferecimento de forma segura;

  • Repensar a formação das nossas coleções como aquisição e aceite de doações;

  • O bibliotecário como responsável por treinar e oferecer fontes de informação confiável e ator no combate às Fake News;

  • Análise de condições locais, forças e fraquezas, para elaborar um plano próprio sobre o que é possível fazer em cada uma das realidades;

  • Recomendações e protocolos reunidos em uma iniciativa da FEBAB e disponibilizado pela ABDF: a biblioteca virtual CONVIDE-i9. "A Convide-i9 é uma iniciativa colaborativa proposta pela ABDF, Febab e por bibliotecários voluntários compromissados com a gestão da informação para apoiar a sociedade brasileira e internacional. Nosso maior objetivo é ser uma fonte de informações seguras e confiáveis. Se você quer ser um colaborador, junte-se a nós!"

  • Não invente a roda. Explore o que tem sido pesquisado e publicado a partir de fontes confiáveis.


Para acessar os protocolos e recomendações compilados, clique aqui.


Durante o webinar, Pierre mencionou que haveriam outras discussões como essa no futuro. Recomendo não somente o vídeo do webinar disponível no canal da SisEB São Paulo no Youtube disponível aqui. Mas, recomendo também que você busque se inscrever nesse canal, seguir à essas instituições nas redes sociais e ficar alerta às novas programações.

0 visualização

©2020 por Mocinha da Biblio. Orgulhosamente criado com Wix.com